7 etapas para pais que quem prevenirem o suicídio de adolescentes

Sete etapas para pais que querem prevenir o suicídio de adolescentes

Saiba Como Evitar Suicídios na Adolescência

A cada 45 minutos, uma pessoa se suicida no Brasil, dizem especialistas da Comissão de Assuntos Sociais (CAS).
Fonte: Agência Senado 

Para cada morte de adolescentes por suicídio são feitas cerca de 25 tentativas. Estas são estatísticas surpreendentes. Sabemos que famílias, escolas, grupos e comunidades são impactados drasticamente quando os jovens se envolvem em comportamento suicida. Queremos ajudá-lo a evitar essas tragédias.
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - otavio macedo

 Como prevenir o suicídio de adolescentes?

Os pais podem ajudar a prevenir o suicídio reconhecendo sinais de alerta, identificando fatores de risco (características que podem levar um jovem a se envolver em comportamentos suicida), promovendo fatores de proteção (características que ajudam as pessoas a lidar com o estresse e reduzir suas chances de se envolverem em comportamentos suicida), e saber conversar com os filhos e procurar serviços de saúde mental. 

Sega estas 7 etapas

psicólogo, barra, tijuca, rio, janeiro, otavio, macedo

1. Conheça os fatos

Informação é poder e muita desinformação sobre suicídio pode ter consequências trágicas. Separar o mito do fato pode capacitá-lo a ajudar seu adolescente em perigo.

Mito - O suicídio na juventude não é um problema

Verdade - O suicídio é um grande problema que afeta a juventude; é a terceira principal causa de morte entre crianças de 10 a 24 anos
psicólogo otavio macedo rio de janeiro barra da tijuca recreio dos bandeirantes psicólogo zona oeste do rio de janeiro
Mito - Perguntar sobre suicídio causa comportamento suicida

Verdade - Abordar o tópico do suicídio de maneira solidária, empática e sem julgamento mostra que você está levando seu filho a sério e reagindo à dor emocional dele.

Mito - Somente um profissional pode identificar uma criança em risco de comportamento suicida

Verdade - Os pais e outros cuidadores geralmente são os primeiros a reconhecer sinais de alerta e são mais capazes de intervir de maneira amorosa
psicólogo, barra, tijuca, rio, janeiro, otavio, macedo

2. Reconheça os sinais de alerta

Estudos que indicam que 4 em cada 5 tentativas de suicídio entre adolescentes são precedidos por sinais de alerta claros; Um sinal de aviso não significa que seu filho tentará suicídio, mas não ignore os sinais de aviso. Responda ao seu filho imediatamente, com cuidado e com carinho. Não descarte uma ameaça como um pedido de atenção!
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo
Mudanças na personalidade: tristeza, abstinência, irritabilidade, ansiedade, exaustão, indecisão
Mudanças de comportamento:  declínio nas relações sociais e desempenho escolar e / ou profissional, menor envolvimento em atividades positivas
Perturbação do sono: insônia, dormir demais; pesadelos
Mudanças nos hábitos alimentares: perda de apetite, perda de peso ou excessos
Medo de perder o controle: comportamento errático, prejudicar a si mesmo ou os outros. Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

Pais podem prevenir o suicídio de adolescentes?

Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - otavio macedo


3. Conheça os fatores de risco

Reconheça certas situações e condições associadas a um risco aumentado de suicídio.
Tentativas anteriores de suicídio
Perturbações da saúde mental (depressão, ansiedade)
Abuso de álcool e outras substâncias
Sentimentos de desesperança, desamparo, culpa, solidão, inutilidade, baixa auto-estima
Perda de interesse em amigos, hobbies ou atividades anteriormente desfrutadas
Comportamento agressivo
Bullying ou intimidação na escola ou em ambientes sociais
Comportamento perturbador, incluindo problemas disciplinares na escola ou em casa
Comportamentos de alto risco (beber e dirigir, má tomada de decisão)
Perda recente / grave (morte, divórcio, separação, relacionamento romântico rompido)
História familiar de suicídio
Violência familiar (violência doméstica, abuso ou negligência de crianças)
Orientação sexual e confusão de identidade (falta de apoio ou bullying durante o processo de saída )
Acesso a meios letais como armas de fogo, pílulas, facas ou drogas ilegais
Estigma associado à procura de serviços de saúde mental
Barreiras ao acesso aos serviços de saúde mental (falta de prestadores de serviços bilíngues, transporte não confiável, custos financeiros)
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

4. Conheça os fatores de proteção

Foi demonstrado que esses fatores têm efeitos protetores contra o suicídio de adolescentes

Habilidades em resolução de problemas, resolução de conflitos e tratamento de problemas de maneira não violenta
Fortes conexões com a família, amigos e apoio da comunidade
Restrito a meios letais de suicídio
Crenças culturais e religiosas que desencorajam o suicídio e apoiam a autopreservação
Fácil acesso a serviços
Apoio através de relacionamentos médicos e mentais contínuos
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

5. Tome medidas preventivas

Você não é impotente;
E pode proteger seu filho adolescente contra a possibilidade de suicídio.
Interaja com seu filho de forma positiva (dê um feedback consistente, elogie o bom trabalho).
Aumentar seu envolvimento em atividades positivas (promover o envolvimento em clubes / esportes)
Monitore adequadamente o paradeiro e as comunicações de seus filhos (mensagens de texto, Facebook, Twitter) com o objetivo de promover a segurança
Esteja ciente do ambiente social do seu filho (amigos, colegas de equipe, treinadores) e comunique-se regularmente com outros pais da sua comunidade.
Comunique-se regularmente com os professores de seu filho adolescente para garantir a segurança na escola
Limite o acesso do seu filho ao álcool, pílulas, drogas ilegais, facas e armas
Converse com seu filho sobre suas preocupações; pergunte a ele diretamente sobre pensamentos suicidas
Explique o valor da terapia e dos medicamentos para controlar os sintomas.
Aborde suas preocupações com outros adultos na vida de seu filho (professores, treinadores, família)
Discuta suas preocupações com o pediatra para procurar referências de saúde mental.
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

6. Converse com seu filho sobre suicídio

Conversar com seu filho sobre um assunto como suicídio pode parecer quase impossível. Tenha essa importante discussão com seu filho adolescente usando essas dicas.

Fale de maneira calma e sem acusações
Expressar preocupação amorosa
Transmitir a importância que ele ou ela é importante para você
Concentre-se na sua preocupação com o bem-estar e a saúde do seu filho
Faça afirmações para transmitir a você a compreensão dos estressores que ele ou ela pode estar enfrentando
Incentive comportamentos profissionais de busca de ajuda (localize os recursos apropriados)
Tranquilize seu adolescente de que procurar serviços pode mudar sua perspectiva
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

7. Por último, mas não menos importante, procure serviços de saúde mental 

Profissionais de saúde mental podem ser parceiros essenciais na prevenção do suicídio de adolescentes.

psicólogo otavio macedo rio de janeiro barra da tijuca recreio dos bandeirantes psicólogo zona oeste do rio de janeiro

a) Tome as medidas necessárias para proteger seu filho

Se você sentir que algo está "simplesmente errado"
Se você notar sinais de aviso.
Se você reconhecer que seu filho tem muitos dos fatores de risco e poucos dos fatores de proteção listados acima.
Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

b) Encontre um profissional de saúde mental que tenha experiência com suicídio juvenil

Escolha um profissional de saúde mental com quem seu filho e você se sintam confortáveis.
Participe ativamente da terapia do seu filho.

Psicólogo Barra da Tijuca, Rio de Janeiro - Otavio Macedo

c) Se o perigo for iminente, ligue para os bombeiros ou leve seu filho ao pronto-socorro mais próximo

Também existe o CVV (Centro de Valorização da Vida) que tem atendimento 24 horas por telefone ou online. Eles são especializados em casos de suicídio.
psicólogo otavio macedo rio de janeiro barra da tijuca recreio dos bandeirantes psicólogo zona oeste do rio de janeiro
  • psicólogo barra da tijuca psicologo barra da tijuca psicologo na barra da tijuca clinica psicologia barra da tijuca clinica de psicologia barra da tijuca consultorio de psicologia barra da tijuca psicologia cassi barra da tijuca psicologia infantil na barra da tijuca rj psicologia positiva barra da tijuca psicologia uva barra da tijuca psicologo barra da tijuca rj psicologo infantil barra da tijuca psicologo rio de janeiro barra da tijuca psicóloga, psicóloga


Psicólogo Otavio Macedo

Você também pode se interessar

0 Comentários